Avançar para o conteúdo principal

Papa a divorciadas: Os filhos não podem ser reféns entre vocês e os pais

O Arcebispo de Toledo e Primaz da Espanha, Dom Braulio Rodríguez, publicou hoje uma carta que conta como foi o encontro recente que ele e 35 mulheres separadas e divorciadas tiveram no Vaticano com o Papa Francisco.

No texto divulgado pela Arquidiocese de Toledo no dia 5 de julho, o Prelado assinala que “o Santo Padre pediu que, diante dos filhos, as mães não façam deles reféns entre elas e seus pais”.
“Parece que o Papa conhecia o drama que vivem as pessoas que se separam e exortou a considerar sempre ‘o bem das crianças’. A situação preocupante na nossa sociedade é que o ‘provisório’, o provisional, se instale nela, pois provoca a ruptura conjugal, drama cada vez mais frequente”.
O Papa, continuou o Arcebispo, sugeriu com insistência ler a exortação Amoris Laetitia, “mas todos os capítulos, especialmente o capítulo IV, que é o centro do documento”.
Em seguida, Dom Rodríguez relatou que no encontro todas as mulheres “sentiram que o Papa se mostrou muito próximo delas e suas perguntas. O ambiente de alegria, de ser acolhidos como membros da mesma família continuou quando elas entregaram ao Papa alguns presentes simples e Francisco deu um rosário para cada uma das presentes”.
O Primaz da Espanha ressaltou também que “devemos seguir em frente como grupo e devemos nos abrir a tantas outras mulheres e homens que vivem este drama da ruptura conjugal; para isso, devemos sair, acolher, escutar, acompanhar”.
“O que mais surpreendeu a todos – continuou o Prelado – foi escutar o Papa Francisco dizer: ‘Agradeço-lhes pela visita de vocês e que compartilhem esta experiência comigo. Isto me faz bem’”.
O encontro entre o Papa e as mulheres separadas e divorciadas foi realizado no dia 26 de junho, no Vaticano.
Segundo informações do site da Arquidiocese, o Santo Padre recebeu estas mulheres que fazem parte do grupo Santa Teresa e são atendidas pela delegação de família e vida de Toledo.
O encontro ocorreu, explicam, pois elas escreveram uma carta em abril e foi entregue ao Santo Padre pelo Arcebispo de Toledo, Dom Braulio Rodríguez.


Mensagens populares deste blogue

Papa Francisco recebe em audiência 35 mulheres separadas e divorciadas

Na segunda-feira, 26 de junho, o Papa Francisco recebeu em audiência privada no Vaticano, um grupo de 35 mulheres separadas e divorciadas da Arquidiocese espanhola de Toledo.

Oração de Consoada 2017

Maria de Nazaré, Contigo cantamos as maravilhas de Deus. A tua espera, hoje nos enche de alegria! Com ela aprendemos o prazer de esperar... e por meio dela vivemos agora habitados pelo infinito...
José, filho de David, A tua espera, hoje surpreende-nos... Estamos maravilhados, porque Deus Entra no nossa vida e na nossa história Para nos oferecer a esperança da vida eterna.
Jesus, Deus connosco, O desejo de ti, faz-nos hoje experimentar a tua presença viva, simples e dócil. Sentado à nossa mesa, convives connosco nesta noite E nos interpelas com a tua ternura.
Sagrada família de Nazaré, Neste Natal, faz-nos sair ao encontro Dos rostos concretos daqueles que mais precisam. Não nos deixes acomodar diante desta mesa rica, Mas interpela-nos diante da pobreza e da injustiça.
Deus, Pai nosso, Abençoa-nos e abençoa estes alimentos Que em família reunida tomamos. Mas não nos deixes cair na tentação da indiferença. Dai pão a quem tem fome e fome de justiça a quem tem pão.
Amen!

Um cristão não pode dizer “sou contra homossexuais”

Convém recordar que Jesus Cristo está depois do Antigo Testamento e que, na sua passagem pela terra, deu sempre lugar de destaque às prostitutas, sobretudo a Maria Madalena. E, já agora, não será Mateus 19:12 uma aceitação da naturalidade da homossexualidade? “Alguns eunucos são assim porque nasceram assim”.