Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2014

OS DESAFIOS PASTORAIS DA FAMÍLIA NO CONTEXTO DA EVANGELIZAÇÃO - Sínodo dos Bispos sobre a Família, Instrumentum laboris

SÍNODO DOS BISPOS III ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DO SÍNODO DOS BISPOS OS DESAFIOS PASTORAIS DA FAMÍLIA NO CONTEXTO DA EVANGELIZAÇÃO
INSTRUMENTUM LABORIS Cidade do Vaticano | 2014
ÍNDICE | ABREVIAÇÕES | APRESENTAÇÃO | PREMISSA
I PARTE: COMUNICAR O EVANGELHO DA FAMÍLIA HOJE
Capítulo I O desígnio de Deus sobre matrimónio e famíliaA família à luz do dado bíblico (1-3)A família nos documentos da Igreja (4-7)Capítulo II Conhecimento e recepção da Sagrada Escritura e dos documentos da Igreja sobre matrimónio e família(8)O conhecimento da Bíblia sobre a família (9-10)Conhecimento dos documentos do Magistério (11)A necessidade de sacerdotes e ministros preparados (12)Acolhimento diversificado do ensinamento da Igreja (13-14)Alguns motivos da dificuldade de recepção (15-16)Promover um melhor conhecimento do Magistério (17-19)

As férias de Deus…

Este verão, não ponha férias de Deus.  Leve os seus filhos à igreja, reze com eles em casa.  A fé cresce onde é alimentada, não onde passa fome Com o final do Ano pastoral a suceder-se um pouco em todas as paróquias do país, é tempo das merecidas férias e descanso para as crianças. Em muitas paróquias, não é incomum ouvir da boca dos sacerdotes o aviso prudente. «Meninos, só porque estão de férias da catequese, não se esqueçam de vir à missa, ou de rezar a Jesus, pois a fé não mete férias», ouve-se um pouco por todo o lado.

(IN)CORPO DE DEUS - Homilia Dom Jorge Ortiga - Desafios à Família

1. Experiência Humana Num tempo em que a espiritualidade típica da New Age invade a nossa sociedade, trazendo consigo novas divindades, a crença fundamentalista na tecnologia e na ciência, novas relações humanas, uma nova visão cosmológica e antropológica do mundo, a obsessão pela economia e a alteração dos princípios morais, faz com que a celebração da solenidade do Corpo e Sangue de Cristo confira ainda mais sentido nos dias de hoje, no intuito de demonstrar à sociedade que o Deus no qual nós acreditamos é, ao contrário do que se possa pensar, um Deus pessoal, vivo e próximo do Homem.

Família eucarística

O Arcebispo de Braga desafiou ontem (22 de Junho) as famílias a serem autênticos lares eucarísticos e a que tenham a Eucaristia como princípio, orientação e horizonte de todas as suas atividades. Estes foram os dois desafios que D. Jorge Ortiga deixou ontem na sua homilia na missa da solenidade do Corpo e Sangue de Cristo a que presidiu na Sé de Braga. Para o prelado, muitas pessoas hoje caem no que denominou «pecado do hotel», «ou seja, quando fazemos da nossa família apenas um hotel onde vamos apenas comer, dormir e ver televisão, em vez de fazer da nossa família um autêntico lar onde falamos, rezamos, debatemos, brincamos e sorrimos em conjunto», explicou. Para o prelado, pior do que isso é quando se desperdiça o almoço de domingo em família ou até de outra ocasião durante a semana, «para fazer desse momento uma refeição verdadeiramente eucarística». «Por outras palavras, uma refeição na qual nos alimentamos, não só dos alimentos que estão sobre a mesa, mas também nos alimentamos uns …

«Dos escombros emergirá a família»

Fernando Castro é pai de 13 filhos, com idades compreendidas entre os 38 e os 11 anos, e avô de 24 netos. Dois deles ainda não nasceram mas diz ser «avô desde o momento da conceção». O responsável pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas (APFN), que representa cinco mil famílias, fala não só sobre a falta de políticas de família, mas também sobre a sua experiência de pai e da devoção a São José.
FAMÍLIA CRISTÃ (FC) – O presidente da APFN é pai de 13 filhos. A sociedade de hoje fá-lo sentir-se quase um extraterrestre? 
Fernando Castro (F.C.) – Não, porque sou imune a isso. Já há muitos anos, desde o nascimento dos meus primeiros filhos, que sinto uma pressão crescente para que não se tenha filhos... Até mesmo o médico particular, a partir do sexto filho, começou a fazer uma pressão cada vez maior para um de nós ser esterilizado. Deve-se apoiar as famílias que estão disponíveis para ter filhos. Nunca, jamais, impor um programa compulsivo de esterilização à sua população.
FC – Hoje …

Características do amor conjugal: fidelidade, perseverança e fecundidade

O Papa Francisco explicou hoje (2 de Junho de 2014) quais são as três características do amor conjugal: fidelidade, perseverança e fecundidade.
Na sua homilia, na missa na Casa Santa Marta, o Papa afirmou que o autêntico casamento cristão tem as características do amor de Jesus pela Igreja. "Jesus esposou a Igreja por amor”. É “a sua esposa: bela, santa, pecadora, mas a ama assim mesmo”. E o seu modo de amá-la revela as “três características” deste amor:
“É um amor fiel; é um amor perseverante, não se cansa nunca de amar sua Igreja; é um amor fecundo. É um amor fiel! Jesus é o fiel”. São Paulo, em uma de suas Cartas diz: “Se tu confessares Cristo, Ele te confessará, a ti, diante do Pai; se tu renegares Cristo, Ele te renegará, a ti; se tu não for fiel a Cristo, Ele permanecerá fiel, porque não pode renegar a si mesmo!”. A fidelidade é própria do amor de Jesus. E o amor de Jesus pela sua Igreja é fiel. Esta fidelidade é como uma luz sobre o matrimónio. A fidelidade do amor. Sempre”.